21.10.09

VAMOS DIZER NÃÃÃÃOOO ! !




De novo a loucura de mais um campeonato de futebol! Veja-se AQUI.

Em 2004 foi o que foi com o campeonato da Europa: 10 estádios, milhões de euros, a maioria às moscas com encargos mensais incomportáveis. De tal modo que em Aveiro um autarca já propõe a demolição de um deles, verdadeiro cancro financeiro.

Agora o sr. Gilberto Madaíl e o seu homólogo espanhol, com o apoio do secretário de Estado da juventude e do desporto Laurentino Dias ( ver AQUI), apresentam a candidatura conjunta de Portugal e Espanha ao Campeonato Mundial de Futebol de 2018! Estimam-se, para já, 7 /8 milhões de euros de custos iniciais, sendo que Portugal paga 40%. Mas já há quem exija igualdade de responsabilidades - com os respectivos custos, claro! - entre Portugal e Espanha.

Sabe-se que os tão falados retornos a longo prazo são uma treta. Os adeptos de futebol só viajam para seguir as suas equipas, não regressam no ano seguinte para verem os monumentos. E há outras formas mais baratas e eficazes de promover o país.
Quando tanto se discute a construção do aeroporto, da mais auto-estradas, do TGV, da mais uma ponte sobre o Tejo, faz algum sentido andarmos atrás de futebóis? É o sr. Madaíl quem manda no país?

Vamos ficar calados? Vamos aceitar isto?
Acho necessário que a opinião pública se erga contra o desvario desta gente, sabendo nós que os opositores serão chamads de "velhos do Restelo", etc. Mas somos nós que vamos pagar com os nossos impostos os buracos financeiros que eles criam impunemente.

2 comentários:

Avelaneira Florida disse...

Méon,

prepara-se mais um "regabofe" nacional...
Nada tenho contra o Desporto, nada contra o futebol em particular...
Mas tenho tudo contra as megalomanias desnecessárias e inconsequentes de uns tantos...
Basta ver o que acontece nos dias de hoje aos "despojos" do Euro 2004 que alguns até querem vender porque não são financeiramente suportáveis...
Acho que já percebi: alguém se quer armar em novo Vasco da Gama e dar " Novas glórias" ao mundo!!!!
Mas o certo é que o séc. XVI já teve o seu tempo. Hoje vivemos outra REALIDADE!!!! Não será desbaratando dinheiro dos contribuintes que lhes permitirá ficar na História...pelo menos pelas boas razões!!!!
E, no final, o futebol, o Desporto, também não merecem ser tratados assim.Valha-nos alguma ètica!

Beijinho.

Carlos C disse...

Concordo.
É uma formula antiga, já Salazar para distrair o povinho sobre os grandes problemas do País também apostava no Futebol, entre outros "F´s".