1.12.08

SINAL


Quando a Amada chegar
irás reconhecê-la:
traz um tesouro nas mãos
e um rio luminoso nos olhos
Verás ainda
a névoa da infância,
algumas gotas de chuva triste

E a luz de um astro antigo
iluminando o tesouro.

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon,

Poesia COMPLETA!!!!!


Beijinho.

Méon, disse...

...como a "bolinha de cristal" que veio da infância para encher de luz o quotidiano!
Outro!