11.1.09

LUGAR SEM NOME


Antes de um lugar há o seu nome. E ainda
a viagem até ele, que é um outro lugar
mais descontínuo e inominável.

Lembro-me

do quadriculado verde das colinas,
do sol entretido pelos telhados ao longe,
dos rebanhos empurrados nos carreiros,
de um cão pequeno que se atreveu à estrada.

Íamos ou vínhamos?

( Maria do Rosário Pedreira in A Casa e o Cheiro dos Livros )

3 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon,

e que bom fazer esta viagem...
assim, pela estrada. Pelos verdes "quase" quadriculados de Amadeo!!!!
Brigados!!!!

beijinho.

cs disse...

Eu diria "o saudável aroma dos livros".

Clotilde S.(canela_e_jasmim) disse...

Méon,

Este foi também um dos livros que o meu filho mais velho me ofereceu. Ele que sabe de livros e do cheiro que têm cá por casa...

Sorrisos

Clo