19.3.09

VERTICALIDADE


Quando à beira do mar as almas se destroem
e os barcos se exercitam nas glórias vãs
é bom saber que um homem está de pé
na ponta do rochedo
e tem espelhada na fronte
a imensidão do mar.
É bom saber que os olhos
se espraiam na distância
e constroem na bruma
o horizonte.

João Rui de Sousa, O Fogo Repartido

Foto (C) Rosário Soares, Olhares.com

1 comentário:

Cs disse...

É necessária muita força para manter a verticalidade sobre a areia.