5.9.09

HOMENAGEM A FRANCISCO LEMOS


Francisco Lemos dedicou toda a sua vida às artes decorativas, com especial incidência na cerâmica. Nascido no Bombarral, fez tropa em Angola e aí ficou alguns anos. No regresso a Portugal, enveredou pela carreira de professor, em que se notabilizou pelo entusiasmo e criação de actividades diversas com os seus alunos. Nas horas em que devia descansar dessa actividade manteve um atelier - Argilemos - onde realizou uma obra vasta que abrangeu peças soltas, baixos relevos e painéis de grandes dimensões.
Morreu de cancro aos 52 anos, em 10 de Agosto de 1994.
Foi hoje inaugurada uma exposição de algumas das suas peças na Galeria Municipal Paços do Concelho, em Torres Vedras, que estará patente ao público até 28 de Novembro de 2009.

Conheci Francisco Lemos na Escola Preparatória P. Francisco Soares, em 1976. Lembro o empenho dele na participação em actividades inter-disciplinares. Inesquecível a produção de um filme em Super8, em colaboração com a professora de Língua Portuguesa, Maria Manuela Gonçalves. O filme baseava-se no texto de Alves Redol "Constantino, Guardador de Vacas e de Sonhos" e os actores eram alunos da escola.
Mais tarde, já nas novas instalações da Escola, aproveitou as horas de apoio à Biblioteca para criar um clube de Xadrês, actividade que mobilizou um número significativo de alunos. Simultaneamente fazia o restauro dos livros que se encontravam mais deteriorados.
Transcrevo as palavras de Carlos Miguel no Catálogo da exposição:
"Passados quinze anos sobre a partida de Lemos, é bom voltar a estar com ele, de o ter à nossa volta. Obrigado Lemos!"



(Fotos do Catálogo da Exposição)

10 comentários:

Anónimo disse...

Eu fui figurante nessa fita! Por onde andará esse filme? E o que será feito da muito querida professora Manuela que todos os alunos amavam?

Avelaneira Florida disse...

MÉON,



E ainda bem que a Galeria esteve cheia de amigos e colegas, para além de familiares...
merecida homenagem!!!!

Beijinho.

Lilá(s) disse...

Bonita homenagem! não conhecia.

Méon, disse...

Ao "Anónimo" deste comentário:

Fiquei sensibilizado com este comentário. Penso que seja "anónimo" porque não tem registo no blogger.
Era bom contactar-me para podermos falar sobre o assunto. Também quero saber onde pára esse filme. Talvez a professora Manuela Gonçalves, que já tem vindo aqui a este blogue e de quem perdi o rasto, possa ajudar...

Meg disse...

Quem faz uma homenagem assim a um amigo, merece toda a minha admiração, meu caro Méon.

Um abraço

roca-galeria de arte disse...

Foi com muito pesar que soubemos do seu falecimento.
Expôs na Marinha Grande em 1991 (na companhia de Manuela Ramalho) e obteve assinalado êxito dada a qualidade das sua obras.
O artista mereceria fazer parte da wikipedia. Deixamos aqui um repto.

Manuel A. disse...

Há já alguns meses comprei um belíssimo cinzeiro de faiança, muito ao gosto dos anos 60/70, e agora encontro finalmente alguma referência ao autor! Quem mo vendeu, disse-me ter vindo de um hotel entretanto fechado. É pena a falta de informação existente sobre uma pessoa tão multifacetada e empreendedora. A ideia da roca-galeria de arte de criar uma entrada na wikipedia parece-me muito pertinente. Será que algum de vós sabe quando é que Fracisco Lemos fundou a Argilemos?
Obrigado

Méon, disse...

Apraz-me ler comentários de alguém sensível que passou por aqui.
Peço desculpa pelo facto de os comentários estarem a negro sobre azul escuro, do que não tenho culpa, trata-se do modelo de blogue, penso eu, que tem este defeito.
Quanto à sugestão, vou tentar encontrar a viúva de Francisco Lemos, que vive em Torres Vedras, para me dar elementos mais concretos.

Bem haja Manuel A.
Se e quiser contactar pode usar o meu e-mail.

Anónimo disse...

Olá a todos!

Soube desta bela homenagem que fizeram ao meu pai muito recentemente... daí só me pronunciar agora...
Estou muito sensibilizada!
Muito Obrigada pelo carinho e pela lembrança.
Em relação à questão do Manuel A. a "argilemos" foi fundada em 1980.
Fico muito Feliz pela vossas sugestões de colocar a biografia do meu pai na wikipédia. Obrigada a todos! Bem hajam! Cumprimentos, Catarina Lemos. Obrigada uma vez mais e para o caso de querem entrar em contacto connosco estejam à vontade (catarina.lemos.evt@gmail.com)! ^_^
PS - Não consegui entrar aqui sem ser via "Anónimo" desculpem!

Anónimo disse...

Por volta de 1979_1980