12.5.09


Teria amado o vento e a fala dos bosques,
as imagens da noite, os pequenos avisos
do coração. Iria regressar
por outros olhos às cores do inverno.
(Acédia, Fernando Pinto do Amaral)

4 comentários:

Avelaneira Florida disse...

Méon,

e o olhar ganha todos os horizontes...alarga-se infinitamente.
PORQUE A PARTILHA É INTENSA!!!!
SEMPRE!

beijinho.

Fernando Santos (Chana) disse...

Caro amigo, bela fotografia...belo texto...Espectacular....
Um abraço

Maria Faia disse...

Estimado Amigo Méon,

E o vento, o som dos bosques e o marulhar marinho ensinam-nos muito. A amar e preservar a beleza que a natureza nos oferece e a ganância dos homens muitas vezes destrói ou corrompe.
Bela postagem.

Um abraço amigo,
Maria Faia

Multiolhares disse...

escutando o mar tudo pode acontecer
beijos