5.5.09

VASCO GRANJA MORREU


Habituei-me a ver os programas de V Granja porque ele me ensinou que a BD não era só a bonecada convencional à americana mas muito mais. E que o mundo da BD era um território fascinante de cultura.
Com a notícia da sua morte apercebemo-nos, mais uma vez, de que há homens insubstituíveis.
A este propósito vale a pena ler o belo texto de Venerando de Matos no seu blogue PEDRAS ROLANTES.

2 comentários:

Avelaneira Florida disse...

Méon,

VG teve um papel de divulgador de animação quando a multimédia era ainda um sonho.
Lembro-me dos filmes de animação completamente desconhecidos que ele passava : polacos, checos...
alguns eram tão diferentes do que a inaginação covencional produzia que ficavamos a olhar de olhos esbugalhados!!!!
Um papel didáctico e cultural que ele muito bem protagonizou!!!!!

Beijinho.

Ana Patudos disse...

era um dos meus programas preferidos.
Com animação espectacular, por vezes estranha, mas de muita qualidade.
Vasco Granja com a sua voz calma, lá nos falava da animação e nos presenteava com curtas metragens 5 estrelas.deixa um vazio.