14.11.09

JÁ VAI ALTO, ESTE OUTONO...


Termas dos Cucos, esta tarde...

Foto © Méon

(...)

Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia: tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso,

Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem o que é amar...

Amar é a eterna inocência,
E a única inocência é não pensar...

[Alberto Caeiro, O Guardador de rebanhos)

2 comentários:

Avelaneira Florida disse...

Méon,
e como este Outono partilhado ganha um novo sentido!!!!
O poeta sabe senti-lo.
Os olhos sabem vê-lo até ao mais íntimo.
SEMPRE!

beijinho.

Lilá(s) disse...

Um banco sózinho na bucólica paisagem!