19.2.09

TENHO DIREITO A ESTAR FARTO, NÃO ??!!


Farto com a conversa dos homossexuais!

Eh pá! Vamos lá a ver se nos entendemos: eu respeito toda a gente, desde as velhinhas que se atarantam nas filas e fazem esperar quem está atrás, até aos automobilistas azelhas que ajudam a entupir o trânsito. Respeito a malta com pinchavelhos espetados na boca e nas sobrancelhas até aos portugas que fazem do futebol o assunto mais importante da vida deles. Gosto de viver e deixar viver, respeitando quem é diferente.

Mas quando os "diferentes" querem a todo o custo que eu os ache "iguais", e sobretudo me agridem com a sua diferença, insinuando - ou acusando! - que eu não os ache iguais... aí, tenham lá paciência! Exijo que me respeitem também!


Por isso começo a estar farto! Exigindo o casamento - quando este é uma opção jurídica cada vez mais esvaziada - pensam que mudam as mentalidades das pessoas que os não aceitam ou não respeitam. O que é uma ilusão pateta.


Vivam as vossas vidas! Dêem as mãos em público com quem quiserem. Mas por favor, não me chateiem com o vosso exibicionismo, a vossa vitimização que pretende acusar-me de agressor, os vossos complexos transformados em arrogância democrática!

Com tudo isso só me fazem ficar ainda mais farto!

E como eu, há muita gente a sentir o mesmo!

Como a Fátima Campos Ferreira não me convidou... aqui fica o desabafo!

2 comentários:

Clotilde S.(canela_e_jasmim) disse...

Calma, Méon!

Estamos no Carnaval, tempo de Alegria... que zanga vem a ser esta? :)

Anónimo disse...

E depois do casamento ainda estará para vir a questão da adopção!

Como é bom vermos aquilo que também nós sentimos e pensamos tão bem expresso por outros!

Muitos beijinhos com saudades
da tua prima
Rita Duarte :)