18.5.08

A MÃO SOBRE O REGAÇO



Beijo, seguro,
e devagar tropeço

Trespasso as emoções
e te devolvo o espaço

O laço e o lençol
onde me deito
e faço

do tempo o amor
a mão sobre o regaço

Maria Teresa Horta, in Só de Amor, 19999

7 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon,

um poema de Maria Teresa Horta...
Tanto que gosto da sua poesia!!!!
e uma imagem LINDA!!!!
Que seja UM BOM DIA!

Méon disse...

Faltou referir que a imagem é uma reprodução de um quadro de Dali.

Obrigado pela visita. Que o dia re corra bem, Avelã!

Xandra Frô disse...

olá meonzinho!
o meu blog mudou de "casa"!
agora é http://ahorlandesa.blogspot.com
porquê?
estava farta do preto e do outro aos berros com os trazentos...lol
e as vacas...ADORO-AS! e aquela é mesmo horrrrlandesa! da holanda!
bjokas

LeniB disse...

Não vou dizer que gosto, porque já sabes que gosto!!!
bj
boa semana
O blog da Xandra "tá mêmo benito"!!

Vera Márcia disse...

Se nao me engano é um poema de Maria Teresa Horta. Lindo, para nao variar.
Assim como foi uma bela escolha a pintura do Dali:)
Uma boa semana

Azul disse...

Maravilhoso texto, de uma MUlher Admirável. Obrigada mais uma vez, pelo espaço de conforto que sempre me devolve de cada vez que por aqui passeio. Um abraço. Até breve. Azul.

jasmimdomeuquintal disse...

Ando a esquecer-me de Maria teresa Horta. Imperdoável...