11.12.09

HIGIENE: um desabafo enquanto limpo as botas...







Sinto necessidade de dizer isto: acho que não devemos contribuir para sujar mais esta pobre política em que alguns atascaram o nosso país.

Independentemente do que pensamos do Governo, ou do Presidente da República, ou de quem quer que seja, acho que não devemos dar guarida a textos que circulam na net sem qualquer assinatura ou outro comprovativo de idoneidade e credibilidade. Estão a tornar-se uma praga.

Há cada vez mais porcaria a circular por aí. À qual se junta a paranóia dos noticiários. Parece que vivemos no antigo farwest. Bandidos por todo o lado. E doenças, todos os dias uma nova doença! E casos insólitos, a provarem que “isto está tudo doido!”.

Entretanto, dizem-nos que o país está atascado em dívidas. Mas quem é “o país”? Pode-se meter no mesmo saco o pobre pensionista de 380€/mês e os nababos que continuam a comprar relógios de 12 500€, carros de 120 000€, casas de 1000 000€, tudo bens de importação que tanto contribuem para agravar a balança comercial?

Acho que cada um tem obrigação de manter o passeio limpo à sua porta. Isto é: exigir rigor nas análises e denunciar os olhares doentios sobre a realidade.

2 comentários:

.Lis disse...

Oi,Méon
Realidade dura pra todos ,seja de que país for, é lá e é cá também. Virou praga, escolhemos os representantes e o que vemos depois? enriquecimento ilícito e toda sorte de bandidagem. Aqui no Brasil está insuportável .Também nao aprovo arbitrariedades em textos anônimos,principalamente, mas as denúncias e os protestos precisam ser feitos. E o mais importante botar a cambada pra fora,eleger outros ? quem garante mais alguma coisa? talvez a ditadura militar no povo que nao sabe votar e reelege até politico sujo, ou seja corrupto e já desmascarado.
Lavo as minhas mãos rsrs e que Deus nos proteja.
Abraços

Avelaneira Florida disse...

Méon,

subscrevo completamente!!!!
E dou uma ajudinha... com as botas!!!!!!

Beijinho.