27.11.07


E tudo era água,
água,
desejo só
dum pequeno charco de luz.


(Eugénio de Andrade)

6 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon, Meu Amigo

LINDO!!!! LINDISSIMO!!!!!

Eugénio de Andrade e a sua Natureza
tão especialmente sentida!!!!
"BRIGADOS"!!!!

UMA NOITE PROVEITOSA E SERENA!!!

MT disse...

«...e como adolescente tropeço...».(A.O)

Professorinha disse...

E eu ando à procura dessa luz...

Venho também agradecer as tuas palavras de conforto.

Beijos

Méon disse...

Avelã:

Sem a luz da poesia o mundo seria insuportavelmente "feio". Daí a tua exclamação com tantos !!!!
CONCORDO!!!!
Dia bom!

Méon disse...

mt:

Tropeçamos nas palavras que nos "atiram" para a inocência dos tempos iniciais, a adolescência...
Sim, de ternura...
Vem sempre que queiras...

Méon disse...

professorinha

Que os dias não sejam pesados, que os olhos se abram à luz do que é essencial.
Porque a vida continua.
Obrigado pela visita.