16.11.07

REGRESSAREI



Eu regressarei ao poema como à pátria à casa
Como à antiga infância que perdi por descuido
Para buscar obstinada a substância de tudo
E gritar de paixão só mil luzes acesas


(Sophia de M.B. Andresen)

6 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon, Meu Amigo

Inestimável Sophia...
tal como um presente de valor maior do que o mundo!

"BRIGADOS"!!!!!

avelaneiraflorida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Méon disse...

Que as luzes se acendam em cada hora do nosso quotidiano.
Obrigado por mais uma visita.
Um sereno entardecer...

hfm disse...

Sempre.

CS disse...

Que imensa ternura!...

xandrafro disse...

Quanta subtileza está aqui representada neste blog, à beiranet plantado...gostei!
vou visitar mais vezes...a ver se me interesso mais um pouco por poesia... :-)