28.3.08

Um pouco mais...


Um pouco mais de sol - eu era brasa.
Um pouco mais de azul - eu era além.
Para atingir, faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém...
- Mário de Sá-Carneiro -

6 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon,

que seja SEMPRE intenso ...o AZUL!!!!

LeniB disse...

Simplesmente lindo...

Ricardo disse...

É verdade! Um pouco mais...
Falta-nos sempro "um pouco mais" de qualquer coisa porque o ser humano nunca se contenta com o que tem. Mas para que possamos ter "um pouco mais" do que queremos temos de lutar com as nossas mãos, pois se o homem criou o mundo, é ele que o tem de manter.

Um grande abraço Tio

Grogal disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Anónimo disse...

QUE é feito de ti?
Tudo bem contigo? Andas a passear? Não te apetece "postar"?
Os adoradores deste meio já te sentem a falta...

Azul disse...

Que maravilha este pedaço de texto que aqui partilha, de tão nobre e alto cavalheiro das palavras e dos sentires profundos. Talvez por hoje ser dia tempestivo, de tempo bem entendido, caiu-me tão bem ler Màrio agora. Talvez por sentir que tb a mim, me falta tanto para chegar não sei bem onde... Azul.

Novo abraço. Até breve.