14.1.08

ILHA


Procuro o Paraíso.
E nasce, em mim, a mágoa.

Estranho mal o meu,
O mal da poesia!

Surdez de não ouvir senão a água...
Cegueira de não ver senão o dia.

(Pedro Homem de Mello)

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon,

que linda fotografia!!!!
e que lindo mar!!!!

as palavras do poeta só podem completar o que a imagem já diz!!!!

Méon disse...

Bom dia!
Podemos estar numa ilha mas seremos sempre vistos por alguém... De facto, nunca estaremos sós...