3.6.09

DESPROPORÇÃO INDECENTE



Cerca de 230 pessoas morrem num desastre de aviação ao largo do Atlântico.
Os telejornais noticiam durante 30 minutos. Nesse espaço de tempo morrem de fome centenas de pessoas no chamado Terceiro Mundo.
Haja sentido das proporções!

4 comentários:

Cid Simões disse...

Os famintos não têm voz!

O povo não tem voz!

Os meios de comunicação social pertencem ao grande capital.

É por isso que quando o povo quer votar fica baralhado porque as informações que recebe são contrárias aos seus interesses.

Outros há que têm dificuldade em romper com a classe a que julgam pertencer.

É forçoso decidir a que trincheira queremos pertencer.

Méon, disse...

Caro CS:

Tenho cada vez mais dificuldade em ver o mundo com essa nitidez: de um lado o grande capital; do outro o povo.

Se as coisas tivessem toda essa clareza, o século XX não teria sido o que foi: uma sucessão de guerras devastadoras.

Não podemos viver como se o enorme insucesso da URSS e países do Leste não tivesse existido.

Eu, pelo menos, não sou capaz de o ignorar.
Mas o tipo de abordagem dos problemas sociais e políticos que é feito pelo PCP/CDU pressupõe essa ignorância, é como se a Leste ainda brilhasse o sol de um mundo novo, em que tantos acreditaram - eu incluído.

Na minha modesta opinião, a desorientação ideológica reinante na actualidade entre muitas pessoas de boa vontade ( em que também me incluo) radica muito mais na implosão da URSS do que no domínio dos meios de comunicação pelo "grande capital".
As pessoas não são marionetas indefesas perante a astúcia capitalista. As questões são muito mais complexas do que esse tipo de análise...

CS disse...

"Eu tenho-o em muita consideração e é principalmente por isso lhe coloco uma só questão:

Levamos as mãos à cabeça e deixamo-nos afogar neste mar de ignomínia em que vivemos?

E já agora uma outra mas poderia fazer mais de mil:

A luta de classes não existe ricos e pobres andam de mãos dadas?

Este não é o local indicado para conversar, temos que nos encontrar um dia destes.

Méon, disse...

Onde isto nos levaria, de facto...
É por isso que vou procurando ler análises sociológicas e/ou da chamada Ciência política, mas tenho muitas falhas... Gostava de me meter num curso desses...