21.6.09

DORMIR A SESTA




Deixei de me sentir "culpado": a sesta é uma boa prática!
Diminui os riscos de doença cardíaca e de acidentes de trabalho, aumenta a produtividade e está de acordo com a mãe-natureza: ao que parece só as formigas não dormem a sesta.
Dormir a sesta não é uma alentejanice: é uma necessidade absoluta quando o ambiente sobe aos trinta e muitos graus - percebi-o bem quando trabalhei um ano em Beja e quando fiz os meses de Verão no Regimento de Infantaria 16 em Évora.

Dormir a sesta não é sinal de preguiça: o corpo tem ritmos semelhantes aos das marés. Períodos de enchente, períodos de vazão. A sesta é uma paragem para mudar o ritmo.

O jornal "i", no suplemento de há uma semana, explica tudo. Na falta do jornal, podemos ir ao site da



Ontem, dia 20 de Junho, até houve uma Conferência Nacional da Sesta, em Avis! Confirmem AQUI...


Ahhhhhhh!.....

5 comentários:

Andradarte disse...

Concordo e comprovo.
Eu durmo uma sesta de meia hora
e sinto-me outro.Podem crer.

alcinda leal disse...

Claro Meon! Dormir a sexta é uma exigência do nosso pobre corpito!
Mas só os povos em que ao mesmo a Natureza pede muito mais é que já perceberam isso!
Temos que andar todos ao ritmo...vigente...
Beijinhos
Alcinda

Avelaneira Florida disse...

Méon,


lá vou eu ter de aderir!!!! "PRONTOS"!!!!!
isso se não adormecer antes...

Bom soninho!!!!
ehehehe

Beijinho.

lilás disse...

Sortudos aqueles que podem dormir a dita "sesta"...

Laura Patricia Eyheramonho disse...

SI BIEN ASLGUNAS COSAS NO LAS ENTIENDO ASÍ TODO CON TRADUCTOR DE TEXTO DE POR MEDIO. ESTOY DE ACUERDO CON QUE LA SIESTA ES UN PARENTESIS EN LA VIDA AGITADAA DE HOY.
SOY UN POCO SIESTERA.JAJAJAJA
SALUDOS!!!!!!