18.9.07

O mês das uvas


(...)
"Desejamos o amor, completo e derradeiro
como o cheiro do mosto nos lagares de Setembro"
(...)
Daniel Filipe , A Invenção do Amor

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Sim! com as cepas carregadas de viada a serem decepadas numa festiva multiplicidade de cores, aromas ,odores...
Um sacrificio ritualizado para que o mosto ferva e incorpore as bençãos da terra onde cresceu, antes de se remeter à protecção das vlehas madeiras, dos cascos odoríferos onde vão aguardar o regresso à vida... " O vinho novo"!!!
Que boas recordações!!!!!
"Brigados",
AMIGO MÉON!!!!

Méon disse...

Então, Avelã, bebamos à saúde! À VIDA!