26.9.07

PARA NOSSO ESCLARECIMENTO

Muitos de nós andamos preocupados com o modo como o Min.Educação quer implantar a avaliação do desempenho dos professores. Vale a pena consultar este blogue:


Há análise séria e conhecedora.

Claro, os documentos podem encontrar-se nos sítios dos sindicadtos. Escolhi estes:





É preciso ler, discutir e opor uma barreira à arbitrariedade. Ninguém está contra a avaliação, estamos contra este modo de fazer as coisas: à pressa, sem formação, sem períodos de transição, sem respeito pelos mais directos interessados.
ESTA GENTE DO M.E. NÃO TEM SENSIBILIDADE HUMANA, NÃO TEM FORMAÇÃO HUMANISTA!
PORQUE É QUE ESTAMOS TÃO CALADOS, TÃO AMORFOS?


(Desenho in http://antero.wordpress.com , com a devida vénia ao Antero.)

5 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méom!!!!
Isto é uma "PRAGA"!!!!! O COMENTÁRIO "FOI-SE"!!!!!

EU REPITO:
Que fique muito claro...os professores NÂO TÊM MEDO Da AVALIAÇÂO!!!!!

O que não aceitamos são os procedimentos, os caminhos, a forma como o processo está a ser conduzido!!!
Existem nas escolas boas práticas, professores competentes, interessados, que mobilizam a comunidade e que transmitem conhecimentos aos seus alunos....
Existem, SIM! E alguns são Jovens, chegados das Faculdades. Outros, mais velhos, com alguma experiência, mas ainda acreditando que vale a pena continuar a fomentar a consrução do conhecimento...
Mas...quais são os verdadeiros Objectivos da Educação?????
Criar "resultados" de estatísticas com muito SUCESSO???? ou formar jovens com qualidade, instrumentos de autonomia e capacidade de criar com rigor e qualidade um trabalho no futuro????
Então...avaliar professores pensando nos critérios economicistas em detrimento dos pedagógicos...irá dar algo de MUITO ERRADO!!!!

UM RESTO DE BOA NOITE!!!!

PS: Gosto deste "boneco" ...é insuflável?

Méon disse...

Avelã: as tuas palavras são judiciosas e subscrevo-as por inteiro.
Pena que os profes estejam tão distraídos...
Vamos contribuir para "tocar a rebate"?
Noite feliz!

PS.Para ser insuflável temos de soprar nela. E não sei se há quem queira fazê-lo...

Maria Lisboa disse...

Por enquanto ainda "Existem nas escolas boas práticas, professores competentes, interessados, que mobilizam a comunidade e que transmitem conhecimentos aos seus alunos...."

Até quando?

Estamos a ser transformados em operários fabris. Quantos produziste este ano? Quantos tinham defeito e tiveram que ser reciclados? Quantos perdeste durante o processo? Aquele produz mais do que tu... se não te pões a pau, é ele que ganha o "prémio"! Será da matéria prima?... na próxima vez, aquela matéria prima vem para a minha máquina... e ai de quem se meta na frente! É preciso convencer o patrão?... vamos jantar?... trouxe-te uns petiscozitos lá da terra... hoje estás um espanto...

Só vos digo que vai ser lindo!!!!

- Ó pessoal, é preciso lutar!!!! -é pá eles já assinaram ... não nos ligam nenhuma!... se nem ligam aos sindicatos!... - ah! mas os sindicatos somos nós! eles sozinhos sem força por trás não representam ninguém! ... - pois! mas eu nessas coisas não me meto!... - mas estamos a ser lixados!... - pois! mas...

E é este mas que nos perde!

PS: por muito insuflada que seja, a quantidade de ME*** que há naquela cabeça, decerto que não a deixará "subir".

Méon disse...

Helas! Maria Lisboa! A coisa tá preta, mêmo!

Mas a ironia maior da nossa ignorância é que a avaliação já está definida no ECD, em vigor desde Janeiro e nas escolas ninguém fala disso....

Contra mim falo, que só agora estou a acordar. O ano lectivo passado, com uma turma medonha de Percurso Alternativo, não me deixou respirar. As férias foram a cura para esse ano tão pesado. Regressei e comecei a olhar para outras coisas... avaliação de desempenho, por exemplo!

Precisamos de nos apoiarmos mutuamente, a situação é complicada!
Obrigado por vir aqui.
Saudações.

Ana Patudos disse...

Meu amigo parece que este mal se está a espalhr por tudo quanto é serviço, a função pública incluida .
abraço
Ana Paula