31.10.07

»»»» Por terras de Torga ««««...

Se eu falasse como um político:

«A conjuntura permite que nesta matéria se possa concretizar uma viagem às terras do grande escriba Miguel Torga, aproveitando de forma consistente os dias que medeiam entre o próximo feriado e o segundo dia não-útil desta semana...»

Como artista brasileiro à chegada ao aeroporto da Portela:

«Tenho antêpàssados portuguesis em Trás-os-Montis. Daí eu pensá me déslocá àquela linda terra nestes dias. Parece que viveu lá um grande póeta... eu vou conhécê!... São às minhás raizis...Eu adoro Portchugau!!»

E este? Quem será?

«Ganda moka, meu! Vou curtir uma naice lá p'ra cima, acho ké baril!
É só montes bué da grandes, meu! É mêmo fixe! O meu velho adorava aquela cena!...E há lá erva comó c...!!»

Eu digo:

« Tenho a sorte de alguém amigo me emprestar uma casinha de montanha lá para as bandas de Vila Real (de Trás-os-Montes). Levo a máquina e conto trazer-vos algumas imagens da Serra do Alvão, S. Martinho de Anta, Sabrosa, Lamas de Olo...De amanhã até Domingo vou para lá... lavar a alma e os olhos. Só tenho saudades dos meus amigos que não podem ir...»


( Fisgas de Ermelo, próximo da Serra do Alvão. Chamam-se assim porque as águas correm "enfisgadas" por entre as penedias. Foto da Net. )

Serra!
E qualquer coisa dentro de mim se acalma...
Qualquer coisa profunda e dolorida,
Traída,
Feita de terra
E alma.

Uma paz de falcão na sua altura
A medir as fronteiras:
- Sob a garra dos pés a fraga dura,
E o bico a bicar estrelas verdadeiras...


Miguel Torga

3 comentários:

Cid Simões disse...

"qualquer coisa dentro de mim se acalma" ao ler poesia feita de "alma". Obrigado Torga!
Cid Simões

avelaneiraflorida disse...

Méon,MEU AMIGO

Que a viagem seja um regresso ao sentido da VIDA! E a natureza te acolha como Mãe que é!!!!!

Por esses locais nasceram palavras que o "meu Torga" sempre tão bem sentiu...DESEJO MUITO QUE AS ENCONTRES!!!!

UMA EXCELENTE VIAGEM!!!!

Méon disse...

Amigo Cid:
Torga é o cume da montanha poética. Obrigado pela visita. Bom fim-de-semana.

********************************

Avelã:

Sim, procurarei nas fragas a vivência autêntica de quem descreveu com tanta força a grandeza do homem em luta com a sua condição.

Dias luminosos para ti.