16.10.07

Trova do vento que passa

Uma canção eterna. Actual!!!
E algumas fotos históricas...

3 comentários:

avelaneiraflorida disse...

Méon,

Sempre me arrepia esta canção!!!!

Em tempos idos deu coragem e força a muitos ...
NOS DIAS DE HOJE, PARECE SER NECESSÁRIO,CADA VEZ MAIS, CONTINUAR A CANTÁ-LA A PLENOS PULMÕES...
UM BOM DIA PARA TI!!!

Méon disse...

Digo o mesmo: tenho-a ouvido tantas vezes, cantei-a tantas vezes e a impressão é sempre a mesma: arrepio, exaltação, comoção intensa.
Também para ti, bom dia!!!

Ana Patudos disse...

Os meus sentimentos em relação ao Adriano, são os mesmos.Que saudade.
As lágrimas teimam em cair , de emoção e saudade da sua voz , da sua viola, das palavras de Manuel Alegre cantadas por ele.
Adriano sempre!
Abraço
Ana PAula